O pão da vida e o pão da caridade

Estimados irmãos e irmãs em Cristo. Nesta semana celebramos como Igreja, comunidade de fé, a solenidade do Santíssimo Corpo e Sangue de Cristo. Faz parte da celebração desta solenidade a procissão com o Santíssimo, percorrendo as ruas das cidades, geralmente enfeitadas com bonitos tapetes, feitos com materiais simples, muita criatividade e a participação dos adultos, jovens e crianças.

 

Mas este ano, por estarmos vivendo o isolamento social, em decorrência da pandemia, provocada pelo COVID19, o Cristo Eucarístico percorreu as ruas de cada paróquia da nossa Diocese, indo às periferias, onde vive uma grande parte do nosso querido e sofrido povo de Deus, e muitas vezes falta até mesmo o pão material para saciar a fome das crianças e dos adultos nas famílias.

 

Por isso, a celebração deste ano foi marcada por um forte apelo à solidariedade e à caridade, porque a Eucaristia celebrada é para nós compromisso para vivermos aquilo que celebramos. É, portanto, compromisso em viver a oferta de si mesmo a Deus e aos irmãos, seguindo o exemplo e o modelo de Cristo. É um compromisso para vivermos a lei da caridade, da solidariedade e da missionariedade, que expressam a nossa comunhão com o Senhor Jesus. Essa comunhão com o Senhor na Eucaristia, quando autêntica, fortalece os laços de comunhão com os irmãos, o nosso agir na comunidade, e é a fonte de onde emanam os critérios e princípios que regem a nossa vida de cristãos.

 

Ao celebrarmos a solenidade do Corpo e Sangue de Cristo, o nosso olhar deve estar voltado para o Cristo, presente na Eucaristia, mas, sem fechar os olhos para não ver o Cristo presente nos irmãos necessitados. Porque ele é a Palavra que devemos crer e a quem devemos seguir. É ele, o “pão do céu”, o pão da vida, vivo e vivificador, que nos alimenta na nossa caminhada de fé, como peregrinos para a pátria celeste, a casa do Pai.

 

Faze, Senhor, que a nossa vida se alimente do dom do teu amor, para podermos colocá-la como oferenda no altar do sacrifício e vivê-la na missão de anunciar o teu Reino entre os irmãos e irmãs.

Bispo Diocesano de Caxias do Sul