DIOCESE DE CAXIAS DO SUL

Diocese

Brasão Diocese de Caxias do Sul

A Diocese de Caxias do Sul é uma é uma circunscrição eclesiástica da Igreja Católica no Brasil. Pertence ao Conselho Episcopal Regional Sul 3 da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB).
A Catedral Diocesena localiza-se na cidade de Caxias do Sul, no Estado do Rio Grande do Sul, Brasil.

BISPOS

Dom José Gislon, OFMCap - 5º Bispo Diocesano
Dom José Gislon, OFMCap - 5º Bispo Diocesano

Dom José Gislon, OFMCap

Nasceu no dia 23 de fevereiro de 1957, no município de Dona Emma em Santa Catarina. É o terceiro dos nove filhos de Vicente Gislon e Jurema Gislon. Frequentou o serviço militar, de maio de 1976 a abril de 1977, no quartel da Polícia do Exército de Brasília.

Ingressou no Seminário Santa Maria, dos freis Capuchinhos, em Engenheiro Gutierrez, Irati no Paraná em 1978, onde cursou o 2º grau e postulantado. Ingressou no noviciado em 24 de janeiro de 1981, no Convento Nossa Senhora das Mercês, e emitiu os primeiros votos no dia 24 de janeiro de 1982.

Frequentou o curso de filosofia em 1982 e 1983, no Instituto de Filosofia dos freis Capuchinhos, em Ponta Grossa, no Paraná. Concluiu a teologia no Instituto Teológico Paulo VI, em Londrina. Emitiu os votos perpétuos em 24 de novembro de 1987, em Ponta Grossa.

Foi ordenado diácono em 24 de novembro de 1987, em Ponta Grossa. Foi ordenado sacerdote em 28 de maio de 1988, na cidade de Uraí, Paraná. Cursou o mestrado em História da Igreja, na Universidade Gregoriana de Roma, de outubro de 1992 a janeiro de 1996.

Foi diretor do Seminário Nossa Senhora da Assunção, coordenador da Pastoral Vocacional Regional, vigário paroquial, em Uraí; guardião, ecônomo e mestre de aspirantes, no Convento Santo Antônio, em Almirante Tamandaré, no Paraná; professor de História da Igreja no Studium Teológico de Curitiba e no CINTEC (Centro Interdiocesano de Teologia de Cascavel).

Definidor e ecônomo Provincial e local, secretário de economia, administração e serviço fraterno; guardião e ecônomo da Fraternidade Nossa Senhora das Mercês em Curitiba; Ministro Provincial da Província São Lourenço de Brindes, do Paraná, Santa Catarina e Paraguai; Definidor Geral da Ordem; como Definidor Geral foi presidente da Comissão Internacional de Solidariedade Econômica da Ordem.

Nomeado bispo da Diocese de Erexim, pelo Santo Padre o Papa Bento XVI, no dia 06 de junho de 2012. Sua ordenação episcopal ocorreu no dia 03 de agosto de 2012, na igreja Nossa Senhora das Mercês em Curitiba. O início de seu ministério episcopal na Diocese de Erexim, se deu em 19 de agosto de 2012, na Catedral São José, em Erechim. No dia 26 de junho de 2019 foi nomeado pelo Santo Padre Papa Francisco como bispo da Diocese de Caxias do Sul. Tomou posse na Catedral Diocesana de Santa Teresa D'Ávila, em 08 de setembro de 2019, na celebração dos 85 anos de criação da Diocese. 

Seu lema: "amar e servir na caridade".

Dom Alessandro Carmelo Ruffinoni, CS (Bispo Emérito) - 4º Bispo Diocesano
Dom Alessandro Carmelo Ruffinoni, CS (Bispo Emérito) - 4º Bispo Diocesano

Missionário Scalabriniano, nasceu em 26 de agosto de 1943, em Piazza Brembana (Bergamo), Itália. Filho de Giovanni Ruffinoni e de Maria Arrigoni. Fez seus estudos na Itália, onde se tornou religioso scalabriniano aos 02 de outubro de 1961 em Crespano del Grappa. Recebeu a ordenação sacerdotal no dia 08 de março de 1970, em Bassano del Grappa. Veio para o Brasil em novembro de 1970.
Trabalhou como formador nos seminários de Casca-RS, de 1971 a 1978 e Guaporé-RS de 1979 a 1981. Assumiu o trabalho com os migrantes em 1982, na igreja da Pompéia, em Porto Alegre. Em 1984 voltou à formação como animador vocacional, em Guaporé-RS, até 1987. No ano de 1988 partiu para o Paraguai para uma nova experiência missionária, em Ciudad Del Este, onde atuou como formador e diretor do "Centro Missionário P. Luigi Valtulini". Neste período foi por duas vezes vigário geral da Diocese de Ciudad del Este, em 1992 e em 1998. Em 1999 voltou para o Brasil como superior provincial da província São Pedro, residindo em Porto Alegre até o ano de 2004. Em 2005 foi destinado para Asunción, no Paraguai, onde trabalhou na Arquidiocese como coordenador da Pastoral dos Migrantes, até a nomeação de bispo.
Em 18 de janeiro de 2006 foi nomeado pelo Papa Bento XVI, como Bispo Auxiliar de Porto Alegre. Foi ordenado, no dia 17 de maio de 2006, na Catedral Metropolitana de Porto Alegre; foi o bispo ordenante dom Dadeus Grings e co-ordenantes: dom Aloísio Sinésio Bohn e dom Redovino Rizzardo.
Como Bispo Auxiliar de Porto Alegre, recebeu o cargo de vigário episcopal do Vicariato de Gravataí, no dia 02 de abril de 2006. No regional Sul-3 da CNBB foi responsável pelas Pastorais Sociais e bispo referencial da Pastoral dos Migrantes, de 2007 a 2011.
Desde maio de 2007 a maio de 2011 foi o bispo responsável a nível nacional na CNBB pela Pastoral dos Brasileiros no Exterior. Em 16 de junho de 2010 o Papa Bento XVI nomeou-o bispo coadjutor da Diocese de Caxias do Sul.

Assumiu a Diocese de Caxias do Sul no dia 07 de julho de 2011.
Seu lema: "Na Igreja ninguém é estrangeiro".

Tornou-se emérito no dia 08 de setembro de 2019.

Dom Paulo Moretto (Bispo Emérito) - 3º Bispo Diocesano
Dom Paulo Moretto (Bispo Emérito) - 3º Bispo Diocesano

Nasceu em Caxias do Sul no dia 25 de maio de 1936, filho de Isidoro Domingos Moretto e de Paulina Soldatelli Moretto, filho primogênito de uma família de oito irmãos. Fez seus estudos primários na Escola Henrique Emílio Mayer. Em 1947, aos onze anos, ingressou no Seminário Nossa Senhora Aparecida, em Caxias do Sul, onde permaneceu até 1953. Posteriormente foi para o Rio de Janeiro, onde ficou até o mês de setembro lecionando no Seminário Nossa Senhora do Amor Divino em Petrópolis, até que começasse o ano letivo no Colégio Pio Brasileiro em Roma.
Licenciou-se em Filosofia e Teologia na Pontifícia Universidade Gregoriana, e em 02 de julho de 1961 foi ordenado presbítero, por dom Faustino Tissot, na Igreja do Sagrado Coração de Jesus, em Roma-It.
De volta ao Brasil, dom Paulo Moretto, agora sacerdote, atuou na Paróquia Sagrada Família em Caxias do Sul, logo após, iniciou seu ministério presbiteral como coadjutor na paróquia de São Francisco de Paula, em 1962. Em 1963 foi assistente do Seminário Nossa Senhora Aparecida, em Caxias do Sul, e de 1964 a 1965 reitor do mesmo seminário. De 1966 a 1972 foi professor de Filosofia e Teologia no Seminário Maior em Viamão. Entre 1967 e 1968 foi assistente dos seminaristas maiores das Dioceses de Caxias do Sul e de Frederico Westphalen. Em 1969 foi vice-reitor e reitor do seminário de 1970 até sua nomeação episcopal em 1972. Em 16 de novembro de 1972, dom Paulo Moretto foi eleito, pelo Papa Paulo VI, o primeiro bispo da Diocese de Cruz Alta, tendo sido ordenado por dom Umberto Mozzoni, naquela cidade, aos 28 de janeiro de 1973, oportunidade que escolheu como lema de sua vida episcopal "Tudo é Graça".
Três anos depois, em 21 de janeiro de 1976, dom Paulo foi transferido para a Diocese de Caxias do Sul, como bispo coadjutor com direito à sucessão, tomando posse em 19 de março de 1976. E, em 26 de maio de 1983, durante a Romaria de Nossa Senhora de Caravaggio, padroeira da Diocese de Caxias do Sul, dom Paulo Moretto tornou-se o 3º Bispo Diocesano de Caxias do Sul, função que exerceu durante 28 anos. Foi Presidente da CNBB Regional Sul III por duas gestões, e vice-presidente por uma gestão.
Tornou-se emérito em 07 de julho 2011.

 

Dom Benedito Zorzi - 2º Bispo Diocesano
Dom Benedito Zorzi - 2º Bispo Diocesano

Nasceu em Nova Pádua, no dia 27 de maio de 1908, filho de Arcângelo Zorzi e Libera Carli Zorzi. Fez todos os seus estudos do primário à teologia no Seminário Provincial Nossa Senhora da Conceição, em São Leopoldo.

Foi ordenado sacerdote por dom Joaquim Ferreira de Mello, bispo de Pelotas, em Nova Pádua, em 30 de novembro de 1933. Pertencendo ao clero diocesano de Pelotas, exerceu seu ministério como pároco de São José, da Estação Engenheiro Ivo Ribeiro, hoje Pedro Osório, de 1934 a 1939. Foi o primeiro reitor do Seminário São Francisco de Paula, de Pelotas, de 1939 a 1946.

No dia 3 de agosto de 1946 foi nomeado bispo diocesano de Ilhéus, BA. Foi sagrado bispo aos 30 de novembro de 1946 por dom Antônio Zattera, em Pelotas.

Em 12 de janeiro de 1947 assumiu o governo pastoral da Diocese de Ilhéus. Transferido como bispo diocesano, para Caxias do Sul em 24 de junho de 1952, tomou posse no dia 06 de dezembro do mesmo ano.

Era Padre Conciliar do Concílio Vaticano II, do qual participou ativa e integralmente. Aos 26 de maio de 1983 tornou-se bispo emérito, pela aceitação de sua renúncia, e desempenhou o cargo de Vigário Episcopal dos Santuários Diocesanos de Caxias do Sul.

Faleceu repentinamente ao entardecer do dia 02 de dezembro de 1988, no Santuário Diocesano Nossa Senhora de Caravaggio, onde residia.

Foi sepultado na Catedral Diocesana. Seu lema: “Ut benedictionem possideatis” cf. 1 Pd. 3,9. “Para serdes herdeiros da benção.”

Dom Frei Cândido Maria Bampi, OFMCap (Bispo Auxiliar)
Dom Frei Cândido Maria Bampi, OFMCap (Bispo Auxiliar)

Dom Frei Cândido recebeu no batismo o nome de Júlio e nasceu em São Vigílio, Segunda Légua, em Caxias do Sul aos 25 de janeiro de 1889, filho de Maximiano Bampi e Giacomina Cemin Bampi.

Realizou seus estudos e teve sua formação religiosa nas casas dos Frades Menores Capuchinhos em Garibaldi, Veranópolis e Flores da Cunha. Em 1914 foi enviado à Roma onde, na Universidade Gregoriana, obteve o doutorado em Teologia e o bacharelado em Direito Canônico.

Foi ordenado no dia 10 de agosto de 1914 em Ivrea, na Itália. Retornando ao Brasil em 1919, assumiu o cargo de diretor dos cursos de Filosofia e Teologia, em Garibaldi, e de professor de Teologia Dogmática e Direito Canônico até 1927. De 1927 a 1932 foi Comissário Provincial. De 1933 a 1936 reassumiu, em Garibaldi, os cargos que ocupara anteriormente.

Em 26 de junho de 1936 foi nomeado Bispo Titular de Tlós e Prelado de Vacaria. Foi sagrado bispo no dia 04 de outubro de 1936 na Cripta da Catedral Metropolitana de Porto Alegre, por dom João Becker e consagrantes dom José Barea, bispo de Caxias do Sul, e dom Antônio Reis, bispo de Santa Maria. No dia 04 de novembro 1936 assumiu o governo pastoral da Prelazia de Vacaria, onde permaneceu até a elevação da Prelazia à Diocese. No dia 09 de abril de 1957 foi nomeado bispo auxiliar de caxias, cargo que exerceu até a morte.

Nos dois últimos anos de sua vida, idoso e adoentado, viveu no Convento da Imaculada Conceição dos Capuchinhos, em Caxias do Sul, onde faleceu em 07 de julho de 1978. Era Padre Conciliar do Concílio Vaticano II, do qual participou integralmente. Está sepultado na Catedral Diocesana. Seu lema: “Impendar et superimpendar pro verbis”. Cf 2 Cor. 12,15. Gastarei e desgastarei a mim mesmo em vosso favor.”

Dom José Barea - 1º Bispo Diocesano
Dom José Barea - 1º Bispo Diocesano

Nasceu em Nova Treviso, então município de Antônio Prado, em 19 de janeiro de 1893, filho de Ângela Barea e de Maria Bertolli.

Fez seus estudos no Colégio São José, em Pareci Novo, e no Seminário Provincial de Nossa Senhora da Conceição em São Leopoldo, onde foi ordenado sacerdote no dia 02 de abril de 1918.

Desempenhou, pelo espaço de nove anos, o cargo de secretário particular de dom João Becker. Em 29 de janeiro de 1928 foi nomeado reitor da Igreja de Nossa Senhora do Rosário, em Porto Alegre, onde permaneceu até a sua nomeação para primeiro bispo de Caxias em 23 de setembro de 1935.

Sua ordenação episcopal ocorreu em 19 de janeiro de 1936, dia de seu aniversário, na Cripta da Catedral Metropolitana de Porto Alegre por dom João Becker, com a assistência de dom Joaquim Ferreira de Mello, bispo de Pelotas, e de dom Antônio Reis, bispo de Santa Maria.

Iniciou seu ministério episcopal em Caxias do Sul no dia 11 de fevereiro de 1936, dia de Nossa Senhora de Lourdes.

Faleceu, depois de breve enfermidade, aos 19 de novembro de 1951 em Caxias do Sul.

Está sepultado na Catedral Diocesana.

Seu lema: “Victoria nostra, fides nostra”. cf. 1Jo 5,4.

Esta é a nossa vitória: a nossa fé.”

CLERO DIOCESANO

Pe. Adelar Adolfo Zanetti
Foto de perfil Pe. Adelar Adolfo Zanetti

Nascimento: 09/03/1967
Ordenação: 21/03/2004

Vigário Paroquial das paróquias São Roque e Nossa Senhora do Rosário - Farias Lemos, em Bento Gonçalves

Pe. Ademar Pellegrini
Foto de perfil Pe. Ademar Pellegrini

Nascimento: 09/06/1971
Ordenação: 03/08/2003

Pároco da Paróquia São Marcos, em Farroupilha

Pe. Adilson Zílio
Foto de perfil Pe. Adilson Zílio

Nascimento: 17/03/1969
Ordenação: 28/07/1996

Missionário em Porto Velho - RO

Pe. Agenor da Rocha
Foto de perfil Pe. Agenor da Rocha

Nascimento: 16/01/1961
Ordenação: 19/12/1993

Pároco da Paróquia Santíssima Trindade, em Caxias do Sul

Pe. Agustinho Mazzotti
Foto de perfil Pe. Agustinho Mazzotti

Nascimento: 27/09/1943
Ordenação: 14/12/1969

Responsável da Casa do Padre, em Caxias do Sul

Pe. Alcindo Domingos Trubian
Foto de perfil Pe. Alcindo Domingos Trubian

Nascimento: 05/03/1937
Ordenação: 30/01/1972

Superintendente da Rádio Miriam Caravaggio | Membro da Equipe Sacerdotal do Santuário Diocesano de Nossa Senhora de Caravaggio e vigário paroquial da Paróquia Nossa Senhora de Caravaggio, em Farroupilha

Pe. Almir José Rizzon
Foto de perfil Pe. Almir José Rizzon

Nascimento: 28/09/1965
Ordenação: 11/01/1997

Pároco da Paróquia São Sebastião, em Jaquirana

Pe. Álvaro Luiz Pinzetta
Foto de perfil Pe. Álvaro Luiz Pinzetta

Nascimento: 09/05/1958
Ordenação: 08/12/1984

Vigário Episcopal do Vicariato de Nova Prata | Pároco da Paróquia São Sebastião, em André da Rocha, Diocese de Vacaria

Pe. Arduíno Lazzari
Foto de perfil Pe. Arduíno Lazzari

Nascimento: 10/05/1934
Ordenação: 03/07/1960

Reside na Casa do Padre, em Caxias do Sul

Pe. Camilo Pauletti
Foto de perfil Pe. Camilo Pauletti

Nascimento: 01/09/1959
Ordenação: 12/01/1986

A serviço do Regional Sul 3 da CNBB, na missão em Moçambique

Pe. Carlos Augusto Bertotti
Foto de perfil Pe. Carlos Augusto Bertotti

Nascimento: 31/12/1964
Ordenação: 31/12/1994

Vigário Paroquial das paróquias Nossa Senhora Mãe de Deus, em Carlos Barbosa e Nossa Senhora das Graças, em Arcoverde

Pe. Celso Luís Ciconetto
Foto de perfil Pe. Celso Luís Ciconetto

Nascimento: 23/09/1962
Ordenação: 05/06/1988

Pároco da Paróquia Santo Antônio de Forqueta, em Caxias do Sul

Pe. Cláudio José Pezzoli
Foto de perfil Pe. Cláudio José Pezzoli

Nascimento: 20/03/1959
Ordenação: 06/01/1985

Vigário Paroquial da Paróquia Pio X | Capelão do Hospital Pompéia, em Caxias do Sul

Pe. Daniel D'Agnoluzzo Zatti
Foto de perfil Pe. Daniel D'Agnoluzzo Zatti

Nascimento: 10/11/1987
Ordenação: 09/10/2016

Pároco da Paróquia São Ciro, em Caxias do Sul

Pe. Danilo Dalla Rosa
Foto de perfil Pe. Danilo Dalla Rosa

Nascimento: 03/04/1929
Ordenação: 25/12/1956

Auxiliar na Paróquia Santo Antônio, Forqueta, em Caxias do Sul

Pe. Darci Camatti
Foto de perfil Pe. Darci Camatti

Nascimento: 31/01/1969
Ordenação: 14/07/1996

Ano sabático, residindo e auxiliando na Paróquia Sagrado Coração de Jesus, em Farroupilha

Pe. Darlan Silvestrin
Foto de perfil Pe. Darlan Silvestrin

Nascimento: 27/03/1983
Ordenação: 30/01/2010

Pároco da Paróquia Santa Fé, em Caxias do Sul

Pe. Décio Podenski
Foto de perfil Pe. Décio Podenski

Nascimento: 06/07/1965
Ordenação: 03/01/1993

Pároco da Paróquia Santo Antônio, em Fagundes Varela

Pe. Delvino Marin
Foto de perfil Pe. Delvino Marin

Nascimento: 01/02/1945
Ordenação: 18/05/1975

Emérito

Pe. Diego Rihl Bettoni
Foto de perfil Pe. Diego Rihl Bettoni

Nascimento: 01/11/1976
Ordenação: 20/12/2008

Vigário Paroquial da Paróquia Santa Fé, em Caxias do Sul

Pe. Eleandro Teles
Foto de perfil Pe. Eleandro Teles

Nascimento: 21/07/1984
Ordenação: 20/12/2009

Chanceler da Cúria | Secretário do Bispo | Pároco da Paróquia Nossa Senhora de Lourdes, em Caxias do Sul

Pe. Elói Conte Rech
Foto de perfil Pe. Elói Conte Rech

Nascimento: 20/01/1978
Ordenação: 02/12/2012

Vigário Paroquial das paróquias São Francisco de Paula e Nossa Senhora das Graças, Rincão do Kroeff, em São Francisco de Paula

Pe. Elton Marcelo Bussolotto Aristides
Foto de perfil Pe. Elton Marcelo Bussolotto Aristides

Nascimento: 11/03/1986
Ordenação: 13/11/2016

Pároco das paróquias Sagrada Família e São Vicente de Paulo, em Caxias do Sul

Pe. Evair Ongaratto
Foto de perfil Pe. Evair Ongaratto

Nascimento: 06/12/1971
Ordenação: 25/06/2000

Pároco das paróquias Santa Catarina, em Caxias do Sul e Santa Maria do Belo Horizonte, Cazuza Ferreira, em São Francisco de Paula

CLERO RELIGIOSO

COLÉGIOS E CONSELHOS

  • Dom José Gislon, OFMCap - Bispo Diocesano
  • Padre Leonardo Inácio Pereira - Vigário Geral e Coordenador Diocesano de Pastoral
  • Padre Álvaro Luiz Pinzetta - Vigário Episcopal do Vicariato de Nova Prata e Coordenador da Equipe da Pastoral Presbiteral
  • Padre Marciano Guerra - Coordenador da Comissão de Formação Presbiteral
  • Padre Ricardo Fontana - Reitor do Santuário Diocesano N. Sra. de Caravaggio
  • Padre Jaime Luiz Gusberti - Ecônomo Diocesano
  • Padre Décio Podesnki - Presidente da Associação Presbiteral São João Maria Vianney
  • Padre Tadeu Antônio Libardi - Coordenador da Região Pastoral de Caxias do Sul
  • Padre Agostinho Dinani, CRL - Coordenador da Região Pastoral de Caxias do Sul
  • Padre Mário Pasqual - Coordenador da Região Pastoral de Flores da Cunha
  • Padre Joone Fachinelli - Coordenador da Região Pastoral de Farroupilha
  • Padre Josemar Conte -  Coordenador da Região Pastoral de Garibaldi
  • Padre Miguel Mosena - Coordenador da Região Pastoral de Bento Gonçalves
  • Padre Marciano Petrykovski - Coordenador da Região Pastoral de São Francisco de Paula
  • Padre Eleandro Teles - Chanceler da Cúria Diocesana
  • Frei Jadir Segala, OFMCap - Representante dos Religiosos

  • Dom José Gislon, OFMCap - Bispo Diocesano
  • Padre Leonardo Inácio Pereira - Vigário Geral e Coordenador Diocesano de Pastoral
  • Padre Marciano Guerra - Reitor do Seminário Maior São José e Coordenador da Pastoral Vocacional
  • Padre Gustavo Predebon - Assistente do Seminário Maior São José
  • Padre Eleandro Teles - Referencial para a etapa da Teologia
  • Padre Álvaro Luiz Pinzetta - Vigário Episcopal do Vicariato de Nova Prata
  • Padre Daniel D'Agnoluzzo Zatti

  • Padre Leonardo Inácio Pereira

Fone: (54) 3211.5032

E-mail: diocesedecaxias.pastoral@gmail.com | centrodepastoral@diocesedecaxias.org.br

  • Dom José Gislon, OFMCap
  • Padre Leonardo Inácio Pereira
  • Padre Ricardo Fontana
  • Padre Agostinho Dinani, CRL
  • Padre Jaime Luiz Gusberti
  • Padre Álvaro Luiz Pinzetta
  • Padre Eleandro Teles
  • Padre Marciano Guerra

  • Caxias do Sul: Padre Tadeu Antônio Libardi e Padre Agostinho Dinani, CRL
  • Farroupilha: Padre Joone Fachinelli
  • Flores da Cunha: Padre Mário Pasqual
  • Garibaldi: Padre Josemar Conte
  • Bento Gonçalves: Padre Miguel Mosena
  • São Francisco de Paula: Padre Marciano Petrykovski
  • Vicariato de Nova Prata: Padre Álvaro Luiz Pinzetta

Processos Matrimoniais
Juiz-Auditor da Câmara Eclesiástica: Pe. Joone Fachinelli
Fone: (54) 3214.5388
E-mail: joone@diocesedecaxias.org.br 

 

Vigário Judicial, Coordenador da Câmara Eclesiástica e Juiz Tribunal Eclesiástico:
Pe. Tiago Camozzato
(54) 3214.5388
E-mail: canonico2018@gmail.com

  • Coordenação

Titular: Lisiane de Sousa | Pastorais Sociais

Suplente: Rogério Contini | Região Pastoral de Garibaldi

 

  • Vice Coordenação

Titular: Lucas Dalsotto | Pastoral da Educação

 

  • Secretaria

Titular: Márcia Novello | Área Centro - Caxias do Sul

Suplente: Liamara Garbin | Setor Juventude

CÚRIA DIOCESANA

Meu negócio
Brasão Diocese de Caxias do Sul

Informações da Cúria Diocesana

Endereço: Rua Os 18 do Forte, 1771 - 1º Andar | 95020-472 | Caxias do Sul | RS
E-mail: arquivo2@diocesedecaxias.org.br
Telefone: (54) 3214 5388

VER LOCALIZAÇÃO NO MAPA

SEMINÁRIO E ANIMAÇÃO VOCACIONAL

Seminário e Animação Vocacional

FORMAÇÃO DO CLERO

Pe. Marciano Guerra
Foto de perfil Pe. Marciano Guerra

Reitor do Seminário Maior São José | Coordenador da Pastoral Vocacional | Assessor do Setor Diocesano da Juventude

Pe. Gustavo Predebon
Foto de perfil Pe. Gustavo Predebon

Assistente do Curso Propedêutico no Seminário Maior São José

Pe. Neimar Schuster
Foto de perfil Pe. Neimar Schuster

Reitor do Seminário São João Batista, em Viamão | Teologia

Pe. Eleandro Teles
Foto de perfil Pe. Eleandro Teles

Referencial da Diocese de Caxias do Sul para a formação dos seminaristas da Configuração (Teologia)

Comissão Diocesana de Formação Presbiteral
  • Dom José Gislon, OFMCap - Bispo Diocesano
  • Padre Leonardo Inácio Pereira - Vigário Geral e Coordenador Diocesano de Pastoral
  • Padre Marciano Guerra - Reitor do Seminário Maior São José e Coordenador da Pastoral Vocacional
  • Padre Gustavo Predebon - Assistente do Seminário Maior São José
  • Padre Eleandro Teles - Referencial para a etapa da Teologia
  • Padre Álvaro Luiz Pinzetta - Vigário Episcopal do Vicariato de Nova Prata
  • Padre Daniel D'Agnoluzzo Zatti

HISTÓRICO

1920

Década de 1920: Cogita-se a necessidade e possibilidade de uma Diocese para as colônias formadas pela imigração italiana no RS no final do século XIX. Os caxienses enviaram à Santa Sé uma abaixo-assinado com 250 assinaturas manifestando o desejo de se ter um Bispado para a Região compreendendo os municípios de Caxias, Bento Gonçalves, Garibaldi, Alfredo Chaves, Lagoa Vermelha (este somente em parte da colônia), Nova Trento, Antônio Prado, Praia, Encantado e Guaporé. Prometida a criação, garantiriam os recursos necessários.

1920
1931

Comissão Pró-bispado: Conforme reportagem do jornal "Caxias" de 6 de agosto de 1931, a Comissão pró-Bispado que fora formada dois dias antes (04 de agosto) na Casa Canônica da Matriz de Caxias era composta pelo cônego João Meneguzzi (vigário da Igreja Matriz de Santa Teresa e principal articulador do movimento), padres da Região, pelo prefeito Miguel Muratore; pelo presidente do Apostolado dos Homens, senhor Paulo Rache; e pelos empresários Raymundo Magnabosco e Abramo Eberle. Para criar uma Diocese para Caxias havia três exigências: Residência Episcopal, terreno para o Seminário e um fundo de 200 contos de réis.

Foto: Comissão Pró-bispado | Studio Geremia

1931
1934

Decreto da Criação da Diocese: A Diocese de Caxias foi criada a 08 de setembro de 1934, pela Bula Quae Spirituali Christifidelium do Papa Pio XI, desmembrada da Arquidiocese de Porto Alegre. A 10 de novembro de 1966, por Decreto da Sagrada Congregação Consistorial, passou a denominar-se Diocese de Caxias do Sul.

Foto: Papa Pio XI

1934
1935

Nomeação e sagração episcopal de dom José Barea, primeiro bispo: A 23 de outubro de 1935 é noticiado que o primeiro bispo da nova Diocese seria o cônego José Barea, natural de Antônio Prado. Foi sagrado bispo no dia 19 de janeiro de 1936 por dom João Becker, arcebispo de Porto Alegre (no qual foi seu secretário particular antes de ser nomeado bispo). Quanto aos sentimentos do povo: houve uma explosão de alegria!

Foto: Sagração de dom José Baréa | Acervo da Diocese

1935
1936

Obra das Vocações Sacerdotais: É em sua carta pastoral de 1936 que institui como primeira ação de governo pastoral a Pia Obra para as Vocações Sacerdotais. “Ora, como já dissemos, a nossa Diocese precisa ter Seminário próprio, pois sem ele, jamais poderemos atender, de maneira conveniente e eficaz, ao cultivo das vocações sacerdotais. A construção do edifício será o primeiro e o mais importante dos nossos empreendimentos no início da nossa gestão, e não descansaremos enquanto não a tivermos levado a bom termo” (Carta Pastoral de 1936).

Foto: Bênção da Pedra Fundamental do Seminário Aparecida | Acervo do Seminário

1936
1936

Primeira Carta Pastoral: Escreve em janeiro de 1936 sua primeira Carta Pastoral saudando a sua Diocese. Alguns pontos a destacar na Carta: a preocupação de conhecer a realidade da Diocese, mostra a necessidade da construção do Seminário Diocesano a fim de garantir padres para o futuro da Diocese e a importância de uma cultura vocacional em todo o território Diocesano, sobretudo no que diz respeito ao trabalho e a missão do sacerdote numa comunidade cristã.

1936
1936

Posse Canônica de dom José Barea: Tomou posse em 11 de fevereiro de 1936 em meio a festividades que mobilizaram uma grande multidão de fiéis de toda a Diocese. Foi um bispo dinâmico e bem-quisto na comunidade. Realizou as primeiras ordenações de novos padres na Catedral já em 15 de março, e no mesmo ano convocou o primeiro Congresso de Vigários da Diocese. Seu lema episcopal: Victoria nostra, fides nostra. (A fé e a nossa vitória!)

Foto: Ordenação Sacerdotal na Igreja Matriz de Galópolis | Acervo da Diocese

1936
1938

Bênção da pedra fundamental do Hospital Pompéia: Benta no dia 01 de janeiro de 1938. O Hospital passou a ser administrado pela “Associação Damas de Caridade”, que completava na época 25 anos de fundação, e, congregava as senhoras mais expressivas da sociedade caxiense.

Foto: Réplica do busto de dom José Baréa que está em frente ao Hospital

1938
1939

Cantai ao Senhor: Dia 02 de agosto de 1939, quando dom José Barea emitiu uma ordem para que todos os sermões fossem feitos em língua portuguesa, colaborando com o governo no projeto de nacionalização, proibindo falar em público outra língua que não fosse a do país. Diante disso, para os atos de culto foi criado o “Cantai ao Senhor” elaborado por dom José com ajuda no monsenhor Meneguzzi, com muitas canções traduzidas do latim e do italiano. Surge, assim, o primeiro livro de cantos da Diocese.

1939
1939

Inauguração do Seminário Diocesano: No dia 19 de março de 1939, precedida de Santas Missões pregadas em capelas e de palestras na Catedral, foi solenemente inaugurado o Seminário Diocesano Nossa Senhora Aparecida em Caxias do Sul. A imagem de Nossa Senhora Aparecida saiu da Catedral, para onde fora conduzida uma semana antes. (BRANDALISE, 1985, p.52-53). Destaca-se um fragmento do discurso de dom José Barea no dia da sua inauguração: “Deram os grandes e os pequeninos, os pobres e os abastados, os moços e os velhos. Deram os moradores das cidades e das vilas, das aldeias e das colônias, da campanha e do litoral. Todos têm no edifício que hoje inauguramos a sua parte, o seu tijolo, o seu grãozinho de areia a cantar os louvores do Senhor.”

 

Foto: Inauguração do Seminário, em 1939 | Acervo do Seminário

1939
1944

Ação Católica: Criada em 1944 para o atendimento da juventude. Esta organização seguia as orientações da Igreja Católica no mundo e do episcopado brasileiro. Foram organizadas a Juventude Feminina Católica (JFC), Juventude Masculina Católica (JMC) e a Liga Independente Católica Feminina (LICF). Mais tarde, em 1957, estas organizações se transformaram na chamada Ação Católica Especializada que era formada pela JAC, JEC, JICF, JUCF.

1944
1948

Congresso Eucarístico Diocesano: Como preparação ao Congresso Eucarístico Nacional de Porto Alegre, foi realizado em Caxias de 06 a 09 de maio de 1948 o primeiro e único Congresso Eucarístico Diocesano até agora.

1948
1948

Capelinhas de Nossa Senhora: No dia 08 de agosto de 1948 foi abençoada pelo padre Ernesto Brandalise, na Catedral Diocesana, a primeira capelinha com a imagem do Imaculado Coração de Maria destinada à visita domiciliar nas famílias da paróquia da Catedral e depois foi instituída às demais paróquias da Diocese. Sua finalidade até hoje é desenvolver a devoção à Nossa Senhora; unir as famílias e colaborar com as vocações pela oração e ajuda financeira. Aliás, neste último aspecto, substituiu – até os dias de hoje – a contribuição mensal que as famílias davam para a Obra das Vocações Sacerdotais instituída no início da Diocese para a construção e manutenção do Seminário Diocesano.

1948
1951

Morte de dom José Barea: Morre em 19 de novembro de 1951 no Hospital Pompéia, o primeiro bispo diocesano de Caxias do Sul. Sua atuação comunitária é lembrada ainda hoje e sua liderança foi fundamental nos primórdios da Diocese.

1951
1952

Dom Benedito Zorzi: Assume como segundo bispo diocesano. Sua posse ocorreu em 06 de dezembro de 1952. Suas principais marcas são a visão missionária, enviando muitos padres e leigos para várias regiões do país, inspirando o projeto “Igrejas-irmãs”, a fim de cooperar na ação missionária da Igreja. Tornou-se emérito em 26 de maio de 1983 e foi vigário episcopal nos Santuários da Diocese. Faleceu em 02 de dezembro de 1988, no Santuário de Caravaggio.

1952
1956

Rádio Miriam: O idealizador da Rádio Miriam foi dom Benedito Zorzi, segundo bispo da Diocese de Caxias do sul. Em 26 de agosto de 1953, escreve uma carta ao presidente da República, Getúlio Dorneles Vargas, pedindo a concessão de uma emissora de rádio. Em 22 de março de 1954 foi constituído o contrato  social da Rádio Miriam Ltda. Em 28 de janeiro de 1955 a Diocese de Caxias do Sul recebe a autorização do governo federal para instalar uma emissora de rádio com 100 watts. Em 8 de junho de 1956, a Rádio Miriam começou a operar, em carácter experimental das 0 horas às 6 horas. No dia 21 de novembro do mesmo ano ocorreu a inauguração oficial.

1956
1957

Dom Frei Cândido Maria Bampi, OFMCap:  No dia 09 de abril de 1957 foi nomeado bispo auxiliar de Caxias, cargo que exerceu até a morte. Nos dois últimos anos de sua vida, idoso e adoentado, viveu no Convento da Imaculada Conceição dos Capuchinhos, em Caxias do Sul, onde faleceu em 07 de julho de 1978.

1957
1959

Em 15 de agosto de 1959, o território do município de Muçum e do distrito de Santa Lúcia do Piai, foram anexados à Diocese de Caxias do Sul. Em 12 de dezembro de 1997 o município de Muçum passou a integrar a Diocese de Santa Cruz do Sul.

 

Foto: Igreja Matriz Nossa Senhora da Purificação | Muçum
 

1959
1962

Participação do Concílio Vaticano II: O bispo diocesano de Caxias, dom Benedito Zorzi, e o bispo auxiliar, dom Cândido Maria Bampi, foram padres conciliares do Concílio Vaticano II, do qual participaram ativa e integralmente, nas sessões que aconteceram entre os anos de 1962 e 1965.

1962
1963

Inauguração do atual Santuário de Caravaggio: O novo santuário foi inaugurado em 03 de fevereiro de 1963, após 18 anos de obras. Na década de 1940, a antiga igreja ficou pequena para o número de fiéis e o padre Teodoro Portolan idealizou o novo projeto. Portolan foi pároco de 1942 a 1968.

1963
1967

Ensino Superior na Região: Foi responsável pela criação da Faculdade de Ciências Econômicas em 1959 e a de Filosofia em 1960, que foram embriões, junto com a Faculdade de Direito e de Belas Artes, da Universidade de Caxias do Sul – UCS (fundada posteriormente em 10 de fevereiro de 1967).

1967
1969

Centro de Orientação Missionária (COM): fundado em 1969, por dom Benedito Zorzi, o COM tinha sede em Caxias do Sul e atuou na orientação e articulação de missionários de toda América Latina. O COM orientava para que leigos e padres fossem pioneiros na formação de pequenas comunidades. Era uma forma de atualizar a Igreja segundo o Concílio Vaticano II. Os cursos formados por análise da realidade, reflexão teológica e propostas de trabalhos com o povo ocorriam onde hoje é a Casa da Juventude Murialdo, em frente ao Hospital Fátima.

Foto: Atual Centro Diocesano de Formação Pastoral

1969
1971

No dia 1º de fevereiro de 1971 todo o território do município de São Francisco de Paula passou a pertencer à Diocese de Caxias do Sul.

1971
1978

Início das atividades do Seminário Maior São José: O Seminário Maior São José iniciou suas atividades em 19 de março de 1978 e passou por diversas sedes até a inauguração do atual prédio, em 2004. O primeiro local foi a Paróquia Santa Catarina, em Caxias do Sul e, depois, o prédio do Seminário Maior São Lucas, em Viamão. Retornando a Caxias do Sul no início dos anos 2000, os seminaristas passaram a residir novamente na Paróquia Santa Catarina e a partir de 2004 no atual prédio, nas proximidades do Centro de Pastoral e do Seminário Nossa Senhora Aparecida.

O Seminário Maior São José abriga os seminaristas do Seminário da Filosofia e do Curso Propedêutico da Diocese de Caxias do Sul. A formação do Seminário da Filosofia baseia-se nas dimensões: humana, espiritual, intelectual, pastoral e comunitária. Os seminaristas frequentam o curso de Bacharelado em Filosofia na Universidade de Caxias do Sul com duração de três anos. Durante esse tempo envolvem-se em atividades de formação humano-cristã no seminário contando com ajuda de psicólogos e diretores espirituais. Realizam atividades pastorais nos fins de semana e durante uma tarde por semana.


O Curso Propedêutico é uma etapa do processo formativo presbiteral que visa proporcionar aos candidatos à vida presbiteral da Diocese de Caxias do Sul uma experiência de discipulado com Cristo Mestre. É, portanto, um ano privilegiado para o autoconhecimento, bem como para uma vivência mais profunda do mistério divino, revelado em Jesus Cristo. Além disso, os seminaristas, nesta etapa, procuram crescer intelectualmente, com estudos dirigidos sobre a pessoa de Jesus, sobre a Igreja, sobre os problemas sociais de nossa realidade e auxiliam na pastoral da saúde e no Santuário Diocesano Nossa Senhora de Caravaggio.

1978
1983

Dom Nei Paulo Moretto: Em 16 de novembro de 1972, dom Paulo Moretto foi eleito o primeiro bispo da Diocese de Cruz Alta, tendo sido ordenado por dom Umberto Mozzoni, em Cruz Alta, aos 28 de janeiro de 1973. Três anos depois, em 21 de janeiro de 1976, dom Paulo foi transferido para a Diocese de Caxias do Sul, como bispo coadjutor com direito a sucessão, tomando posse em 26 de maio de 1983.

Dom Paulo Moretto é bispo emérito de Caxias do Sul desde 06 de julho de 2011.

 
1983
1999

Com a criação da Diocese de Osório, em 10 de novembro de 1999, os municípios de Torres, Arroio do Sal, Dom Pedro de Alcântara, Mampituba, Morrinhos do Sul, Três Cachoeiras e Três Forquilhas passaram a fazer parte da nova Diocese.
 

Foto: Paróquia São Domingos de Torres

1999
2011

Dom Alessandro Ruffinoni: Em 18 de janeiro de 2006 foi nomeado pelo Papa Bento XVI, como bispo auxiliar de Porto Alegre. Foi ordenado, no dia 17 de maio de 2006, na Catedral Metropolitana de Porto Alegre. Em 16 de junho de 2010 o Papa Bento XVI nomeou-o bispo coadjutor da Diocese de Caxias do Sul. Assumiu a Diocese de Caxias do Sul no dia 07 de julho de 2011 e tornou-se emérito no dia 26 de junho de 2019.

2011
2014

80 anos da Diocese de Caxias do Sul: No dia 08 de setembro de 2014, uma Missa solene, ao meio-dia, na Catedral Diocesana, celebrada pelo então bispo diocesano, dom Alessandro Ruffinoni marcou os 80 anos de criação da Diocese de Caxias do Sul. 

No mesmo ano, o Setor Juventude da Diocese produziu e lançou o documentário dos 80 anos, que reuniu depoimentos de diversos padres das três faixas etárias da Diocese. 

O audiovisual pode ser conferido AQUI.

2014
2019

Dom José Gislon - OFMCap: Nomeado bispo da Diocese de Erexim, pelo Santo Padre o Papa Bento XVI, no dia 06 de junho de 2012. Sua ordenação episcopal ocorreu no dia 03 de agosto de 2012, na igreja Nossa Senhora das Mercês em Curitiba. No dia 26 de junho de 2019 foi nomeado pelo Santo Padre Papa Francisco como bispo da Diocese de Caxias do Sul. Tomou posse na Catedral Diocesana de Santa Teresa D'Ávila, em 08 de setembro de 2019, na celebração dos 85 anos de criação da Diocese. 

Seu lema: "amar e servir na caridade".

2019
2022

Rádio Miriam Caravaggio passa a operara em FM: A Rádio Miriam Caravaggio 95,7FM, desde o dia 22 de agosto de 2022, passou a operar em sua potência total  de 15kw. O sinal de FM entrou em operação no dia 15 de junho. O sonho da migração do AM para o FM, iniciou em 2009. Desde lá foram em torno de 12 anos de espera e movimentos burocráticos e técnicos para que se tornasse realidade.

No final de 2021 veio a liberação oficial do Governo Federal, o que culminou no andamento do processo para a instalação, que aconteceu provisoriamente no dia 15 de junho e conclusão no dia 22 de agosto, com o aumento da antena. No dia 08 de setembro, aconteceu a solenidade de oficialização do novo sistema, no dia do aniversário da Diocese de Caxias do Sul, em ato realizado com uma missa no Santuário de Caravaggio e descerramento da placa inaugural.

2022
2022

Situação Geográfica: A Diocese é constituída pelos seguintes municípios: Antônio Prado, Bento Gonçalves, Boa Vista do Sul, Cambará do Sul, Carlos Barbosa, Caxias do Sul, Coronel Pilar, Cotiporã, Fagundes Varela, Farroupilha, Flores da Cunha, Garibaldi, Guabiju, Imigrante, Jaquirana, Monte Belo do Sul, Nova Araçá, Nova Bassano, Nova Pádua, Nova Prata, Nova Roma do Sul, Paraí, Pinto Bandeira, Protásio Alves, Santa Tereza, São Francisco de Paula, São Jorge, São Marcos, São Valentim do Sul, Veranópolis, Vila Flores e Vista Alegre do Prata.

A Diocese está situada a leste setentrional do estado do Rio Grande do Sul. Limites: Arquidiocese de Porto Alegre (RS) e Arquidiocese de Passo Fundo (RS), Dioceses de Vacaria (RS), Criciúma (SC), Osório (RS), Novo Hamburgo (RS) e Santa Cruz do Sul (RS).

Possui 73 paróquias, dois santuários diocesanos, dois santuários paroquiais e 983 comunidades.

2022